ADRENA Paulo Afonso - atividades de aventura na nossa cidade - Notícias - Acerte Paulo Afonso

Notícias


Acerte Paulo Afonso » Geral » Notícias

ADRENA Paulo Afonso - atividades de aventura na nossa cidade

19 de outubro de 2013

“A palavra aventura, do latim adventura – o que há por vir- remete a algo diferente. Nesse conceito, consideram-se atividades de aventura as experiências físicas e sensoriais recreativas que envolvem desafio, riscos avaliados, controláveis e assumidos que podem proporcionar sensações diversas como liberdade, prazer, superação, a depender da expectativa e experiência de cada pessoa e do nível de dificuldade de cada atividade.

A prática de atividades de aventura identifica o segmento de Turismo de Aventura e pode ocorrer em quaisquer espaços: natural, construído, rural, urbano, estabelecido como área protegida ou não.”

 

 

O município de Paulo Afonso possui infinitos atrativos naturais e devido a isso, possui um forte potencial para as atividades de aventura.

 

Como aconteceram muitas implosões por causa da construção da usina hidrelétrica (CHESF) e desvio do leito natural do rio, nossa cidade foi sendo esculpida com o passar do tempo. Ou seja, são belezas naturais com uma “ajudinha” do homem (o que não diminui sua capacidade de beleza). Entre as cidades do sertão baiano, Paulo Afonso é a mais bem estruturada para o turismo. A cidade, hoje uma ilha artificial, é privilegiada pela natureza. 

 

Foto: Mário Roberto

 

O potencial que a cidade possui para essa prática está desde as atividades a serem exploradas em água à atividades em terra e ar.

 

Os praticantes de atividades de aventura se deliciam a cada visita. Aqui serão citadas algumas mais procuradas pelos aventureiros de plantão e o potencial para a exploração de outras que também acontecem, porém muito timidamente.

 

Começaremos aqui uma série de matérias falando sobre o potencial que o município possui para a prática de atividades de aventura – ADRENA Paulo Afonso. Essa série, com o apoio do Energético F3,  será dividida em 5 partes: as atividades em Água, Terra/rocha, Terra+Água, Ar (ou pendurados) e off road.  Afinal o potencial que nossa cidade possui é tão grande que, para falar tudo de uma só vez seria necessário um jornal completo e não apenas de uma matéria. Acompanhe todas elas.

 

A primeira série falará de algumas atividades em ÁGUA. Sobre a exploração do Rio São Francisco e o que ele representa para os aventureiros de plantão.

 

A segunda série e, possivelmente a que será mais apreciada, falará das atividades em TERRA/ROCHA.

 

A terceira série será apresentada em atividades que envolvem TERRA e ÁGUA.

 

A quarta série englobará as atividades exploradas em AR que não é uma particularidade da nossa cidade, mas que o visual e a beleza daqui faz com que haja um grande diferencial.

 

A quinta e última série falará das atividades OFF ROADS, pois como temos um cânion seco na região do Raso da Catarina, o cenário não poderia ser melhor. 

 

FOTO: SITE revistaturismo.com.br - foto da época do ECO ESPOTRES radicais)

 

 

Mesmo Paulo Afonso tendo sido cenário do Eco Esporte radicais entre os anos de 1996 a aproximadamente 2004, normalmente nos feriados de 1º de maio, para o potencial que a nossa cidade possui, poucas dessas atividades são exploradas turisticamente.

 

O Eco Esportes surgiu com uma ideia de Jânio Soares (atual Secretário de Eventos) e Sérgio Xavier em aproveitar uma ilha que fica no Xingozinho – “terra de ninguém” - entre os estados de PE, BA e AL. A proposta era ótima, mas onerosa demais e surgiram várias ideias posteriormente e, no final das contas, resolveram fazer um evento com esportes de aventura na cidade mesmo, aproveitando o potencial e o cenário favorável que a cidade possui. O Eco Esporte Radicais teve apoio da CHESF e, para a promoção do evento e da cidade, o atleta paraquedista Sabiá foi convidado diversas vezes fazendo o quadro “Desafio do Faustão”. Esse feito gerou várias aparições da cidade na mídia por um longo período de tempo.

 

Nessa época, a cidade de Paulo Afonso ficou conhecida mundialmente e até comparada à Queenstown (cidade neozelandesa considerada a capital mundial da aventura), sendo até chamada de “Nova Zelândia do Sertão”. Todos queriam saltar de Bunguee Jump da ponte Metálica ou do Bondinho da CHESF. Ainda hoje os turistas procuram por isso.

 

Esses eventos sempre atraíam praticantes de todo o Brasil, mas poucos, ou nenhum, eram os participantes de Paulo Afonso.

 

Como já mencionado, havia muita dificuldade em explorar as atividades turisticamente tanto porque, na época, não existiam empresas locais especializadas em turismo de aventura, quanto porque a maioria dos lugares onde poderiam praticar os esportes era de área de segurança e só liberados para o evento.

 

Depois do fim da temporada do eco esportes radicais, alguns praticantes continuaram explorando a atividade por lazer, prazer e, poucos, comercialmente (devido às dificuldades). Mas as lembranças, tanto dos pauloafonsinos quanto dos visitantes, são sempre boas e cheias de saudade.

 

Atualmente existem poucas empresas que exploram essa atividade e as mesmas ainda tem muita dificuldade para atuar. O que faz com que, muitas vezes, desestimule quem tem interesse em investir nesse ramo.

 

A boa noticia é que, com a necessidade que o Governo do Estado da Bahia está tendo em atingir a meta de 10 certificações até 2014, as portas poderão se abrir: quer seja no sentido de facilitar a possibilidade de exploração em áreas restritas ou a oferta de cursos especializados, incentivo para a certificação das empresas. Essa possibilidade, sem dúvidas pode trazer vários benefícios para a cidade e, consequentemente, para turistas. Isso para atividades que podem ser “vendidas” turisticamente.

 

Das atividades de aventura que aparecerão na série, muitas delas são praticadas como hobby e estilo de vida por atletas da cidade. Alguns levam a atividade profissionalmente, participando até de competições Brasil a fora. E levam o nome de Paulo Afonso para o mundo.

 

 

 

Não deixe de acompanhar toda a série ADRENA Paulo Afonso aqui no site. Essa é uma maneira de mostrar o potencial da cidade, tanto no que se refere às condições ambientais, naturais, quanto no que se refere a revelação de talentos existentes por aqui.

 

A ACERTE Paulo Afonso, juntamente com o ENERGÉTICO F3, querem saber de você, leitor, opiniões sobre a atividade, locais onde existe a prática e não foram mencionados, facilidade/dificuldade de praticar, como poderia ser... enfim, deixe sua opinião, dica, sugestão de outros assuntos ou atividades que não foram mencionadas.

 

Acompanhe toda a série e ACERTE A AVENTURA, porque aqui os dias são sempre cheios de Energia e ADRENAlina

 

Por: Ana Paula Araujo

[email protected]

 

Leia mais

« 1 2 »
+ Anuncie
Voltar ao topo
© 2022. Acerte Paulo Afonso.