Catamarã Raso da Catarina permanece intacto após acidente - Notícias - Acerte Paulo Afonso

Notícias


Acerte Paulo Afonso » Geral » Notícias

Catamarã Raso da Catarina permanece intacto após acidente

28 de setembro de 2017

Há alguns dias foi propagada uma notícia de que o Catamarã Raso da Catarina, administrado pelos empresários Pauloafonsinos, havia sido completamente queimado e o funcionário daquela embarcação estava em estado gravíssimo. Realmente aconteceu um incidente naquela referida embarcação quando o marinheiro Jean foi tirar a bomba d’água após a conclusão de um passeio regular que a embarcação realiza periodicamente com os turistas.

 

 

 

                      Local onde Jean estava dentro quando sofreu o acidente. Foto: PA4.COM.BR

 

 

O laudo conclusivo da perícia técnica ainda não está disponível mas é perfeitamente possível e visível que, diferentemente dos boatos que circularam nas redes sociais e meios eletrônicos, o barco NÃO está comprometido e tão pouco explodiu devido ao incêndio.

 

 

O marinheiro Jean, ao se dirigir ao local referido acima, ao retornar estava com o corpo em chamas que imediatamente foi controlado e os primeiros socorros foram realizados fazendo com que o mesmo fosse levado para o Hospital Municipal e, posteriormente o mesmo foi transferido para o Hospital da Restauração em Recife onde ainda requer alguns cuidados, mas encontra-se fora de perigo e está cm 40% do corpo queimado.

 

Após o acontecido, a marinha já esteve no local e dará o laudo da perícia! Como medida de segurança, a instituição irá recolher depoimentos de todos os funcionários da embarcação para averiguar a possível causa do acidente. Na ocasião, o funcionário não havia manuseado gasolina e nem havia vestígios de fiação queimada ou algum vasilhame queimado. Infelizmente o funcionário estava com fogo pelo corpo. O depoimento do funcionário será de grande importância para a averiguação do ocorrido. O comandante já trabalha na empresa há 8 anos e é bastante experiente.

 

 

A empresa informa que enquanto não for liberado o laudo com a perícia realizada pela marinha ficará fazendo os passeios apenas com a lancha que tem capacidade para 12 passageiros. Informa também que o barco estava com TODAS as exigências da marinha em dia: coletes, extintor e marinheiros habilitados.

 

 

 

 

 

Por Ana Paula Araujo

Fotos PA4 Noticias

contato@acertepauloafonso.com.br

Leia mais

« 1 2 »
+ Anuncie
Voltar ao topo
© 2017. Acerte Paulo Afonso.